Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Before the Storm

Blog de uma rapariga com imensos sonhos e curiosidades.

"Um simples olhar"

coffee.jpg Lembro-me tão bem como se fosse ontem aqueles nossos olhares que se entrelaçaram.

Era como se eu deixa-se e permitisse ser vista e observada, o que me espantou, algo que eu não gostava, na realidade não me estava incomodando. 
Sempre fui aquela rapariga que olha discretamente, sem dar nas vistas.
Mas lá estava eu, por mais que tentasse resistir a não olhar outra vez, ia contra tudo o que sempre pensava e achava, era como se quebrasse todas as minhas próprias regras, pensamentos, dúvidas. 
Não conseguia por nada deste mundo parar de olhar e temia ser vista por ela, com medo que achasse que a estava a intimidá-la de tanta vergonha e timidez que ela parecia estar a ter.
Quando não olhava para ela sentia que estava-me encarando, mas sempre que eu voltava a olhar, ela logo mudava de atitude.
Não sei, por momentos, no meu pensamento, sentia necessidade de ir ter com ela, era tão bela, com um enorme sorriso encantador, mas óbvio estava acompanhada, logo por esse aspecto, deletei a ideia por completo de ir ter com ela, não queria arranjar mau ambiente, além do mais eu não a conhecia provavelmente mandaria-me passear.
Aquele sentimento foi tão esmagador que só apeteceu ir embora daquele míni bar.
Já não havia nada a fazer se não ir embora...
Saindo de lá de cabeça baixa, à medida que caminhava perante aquela porta, não sabia porque sentiria tal sentimento, ela de facto deveria ter-me achado uma completa idiota...
Enfim seria o fim de algo que nunca realmente aconteceu e se passou, realmente me deixou muito mal, mas tinha de "passar a página", e ir-me embora de vez, continuar a caminhar sem olhar para ela, para não me cair lágrimas de tanto arrependida estava de não ter encarado ela, mas teve de ser...
Quando estava saindo, ela encheu-se de coragem e veio-me encarando, frente a frente, olhos nos olhos, pegando na minha mão e disse que não parava de pensar em mim desde que entrou e pediu-me para sentar na mesma mesa que ela...
Se vissem a minha cara de tal tamanha felicidade, foi incrível depois de começarmos a falar da situação em como nos encarávamos.
Me vi surpresa em como a conversa fluía facilmente, parecia que a conhecia à anos...
Sem dúvida foi um sonho.
 
( Texto escrito por mim )

5 COMMENTS

COMENTAR POST

Segue-me !!

Cinéfila, Desportista e Fora do normal❤

Blogs Portugal